Artigos

  • Conversão de Unidades Segue abaixo tabelas para conversão de unidades.  Pressão kgf/cm² bar MPa atm m.c.a. psi  lbf/pol² 1 0,98 0,10 0,97 10 14,2 2 ...
    Postado em 25 de mar. de 2019 13:16 por FSF Metalurgica
  • Manutenção e limpeza de produtos em aço inox Bonito e resistente, o aço inox é um material de fácil conservação. Através da limpeza adequada e rotineira é possível manter inalteradas as características originais, preservando sua resistência à corrosão ...
    Postado em 4 de jan. de 2017 05:28 por FSF Metalurgica
  • Método para calcular a vazão Um dos parâmetros mais importantes para selecionar um filtro de água é saber a vazão do sistema. O procedimento para calcular a vazão de um sistema é simples: Deve-se ...
    Postado em 4 de jan. de 2017 05:28 por FSF Metalurgica
  • O Filtro e o tamanho das partículas contaminantes Os filtros retem impurezas de acordo com o elemento e o processo de separação utilizado. O filtro de partículas é o processo que utiliza normalmente como elemento filtrante a areia ...
    Postado em 4 de jan. de 2017 05:29 por FSF Metalurgica
Exibindo postagens 1 - 4 de 4. Exibir mais »

Conversão de Unidades

postado em 18 de jan. de 2013 08:12 por FSF Metalurgica   [ 25 de mar. de 2019 13:16 atualizado‎(s)‎ ]

Segue abaixo tabelas para conversão de unidades. 

Pressão
kgf/cm² bar MPa atm m.c.a.
psi 
lbf/pol²
1 0,98 0,10 0,97 10 14,2
2 1,96 0,20 1,94 20 28,4
3 2,94 0,29 2,90 30 42,7
4 3,92 0,39 3,87 40 56,9
5 4,90 0,49 4,84 50 71,1
6 5,88 0,59 5,81 60 85,3
7 6,86 0,69 6,77 70 99,5
8 7,84 0,78 7,74 80 113,8
9 8,83 0,88 8,71 90 128,0
10 9,81 0,98 9,68 100 142,2

m.c.a. = metros de coluna de água


Vazão
m³/h L/s gal/min USA gal/min IMP
1 0,28 4,40 3,67
2 0,56 8,81 7,33
3 0,83 13,21 11,00
4 1,11 17,61 14,66
5 1,39 22,02 18,33
6 1,67 26,42 22,00
7 1,95 30,82 25,66
8 2,22 35,22 29,33
9 2,50 39,63 32,99
10 2,78 44,03 36,66


Tamanho da Partícula pelo padrão MESH

O padrão MESH é utilizado para designar o tamanho granulométrico de partículas, exitem diversos padrões, segue tabela para verificação.
Tamanho da Partícula
Peneira Padrão U.S.A.
Tecido Graduação de Mercado
polegadas Microns / mm
Peneira Padrão
Abertura em pol.
Mesh TBC Abertura Mesh MG Abertura
pol.
Microns pol. Microns
 125400 / 20
 1       
 0.7519050 / 19
 3/4       
 0.512700 / 12
 1/2       
 0.379525 / 9,5
 3/8       
 0.317938 / 7,9
 5/16       
 0.256350 / 6,3
 1/4       
0.187
4760 / 4,8
4
       
0.1570 4000 / 4
5 0.1575


5 0.1590 4039
0.1320 3350 / 3,3
6 0.1319


6 0.1318 3348
0.1110 2820 / 2,8
7 0.1102


7 0.1080 2743
0.0937 2380 / 2,3
8 0.0929


8 0.0964 2449
0.0787 2000 / 2
10 0.0787


10 0.0742 1885
0.0730 1854 / 1,9





11 0.0730 1854
0.0661 1680 / 1,7
12 0.0669 14 0.0620 1575 12 0.0603 1532
0.0555 1410 / 1,4
14 0.0551 16 0.0535 1359 14 0.0510 1295
0.0469 1190 / 1,2
16 0.0465 18 0.0466 1184 16 0.0445 1130
0.0410 1041 / 1


20 0.0410 1041


0.0394 1000 / 1
18 0.0394 22 0.0380 965 18 0.0386 980
0.0331 841 / 0,8
20 0.0335 24 0.0342 869 20 0.0340 864
0.0310 784 / 0,7


26 0.0310 787


0.0278 707 / 0,7
25 0.0280 28 0.0282 716 24 0.0277 704
0.0268 681 / 0,7


30 0.0268 681


0.0248 630 / 0,6


32 0.0248 630


0.0234 595 / 0,6
30 0.0236 34 0.0229 582


0.0213 541 / 0,5


36 0.0213 541 30 0.0203 516
0.0197 500 / 0,5
35 0.0197 38 0.0198 503


0.0185 470 / 0,5


40 0.0185 470


0.0183 465 / 0,5


42 0.0183 465


0.0172 437  / 0,4


44 0.0172 437 35 0.0176 447
0.0165 420 / 0,4
40 0.0167 46 0.0162 411


0.0153 388 / 0,39


48 0.0153 389 40 0.0150 381
0.0145 368 / 0,37


50 0.0145 368


0.0139 354 / 0,35
45 0.0140 52 0.0137 348


0.0130 330 / 0,33


54 0.0130 330


0.0127 323 / 0,32


58 0.0127 323


0.0122 310 / 0,31


60 0.0122 310


0.0117 297 / 0,3
50 0.0118 62 0.0116 295


0.0111 282 / 0,28


64 0.0111 282 50 0.0110 279
0.0106 270 / 0,27


70 0.0106 269


0.0102 260 / 0,26


72 0.0102 259


0.0098 250 / 0,25
60 0.0098 74 0.0098 249


0.0095 241 / 0,24


76 0.0095 241


0.0091 231 / 0,23


78 0.0091 231 60 0.0092 234
0.0088 224 / 0,22


80 0.0088 224


0.0083 210 / 0,21
70 0.0083 84 0.0084 213


0.0079 200 / 0,2


88 0.0079 201


0.0076 193 / 0,19


90 0.0076 193


0.0070 177 / 0,18
80 0.0071 94 0.0071 180 80 0.0070 178
0.0065 165 / 0,16


105 0.0065 165


0.0059 149 / 0,15
100 0.0059 120 0.0058 147 100 0.0055 140
0.0049 125 / 0,13
120 0.0049 145 0.0047 119 120 0.0046 117
0.0041 105 / 0,11
140 0.0042 165 0.0042 107 150 0.0041 104
0.0035 88 / 0,09
170 0.0035 200 0.0034 86 170 0.0035 89
0.0029 74 / 0,07
200 0.0030 230 0.0029 74 200 0.0029 74
0.0025 63 / 0,06
230 0.0025


250 0.0024 61
0.0021 53 / 0,05
270 0.0021 300 0.0022 56 270 0.0021 53
0.0017 44 / 0,04
325 0.0018


325 0.0017 43
0.0015 38 / 0,03
400 0.0015


400 0.0015 38
0.0010 25 / 0,03
500 0.0010


500 0.0010 25
0.0008 20 / 0,02
635 0.0008


635 0.0008 20

Manutenção e limpeza de produtos em aço inox

postado em 27 de set. de 2012 03:24 por FSF Metalurgica   [ 4 de jan. de 2017 05:28 atualizado‎(s)‎ ]

Bonito e resistente, o aço inox é um material de fácil conservação. Através da limpeza adequada e rotineira é possível manter inalteradas as características originais, preservando sua resistência à corrosão, aparência e higiene. A limpeza é essencial para obter a máxima resistência à corrosão dos aços inoxidáveis. Mas lembre-se: o segredo da sua limpeza e manutenção está no uso de produtos e procedimentos corretos e no cuidado com que você trata o produto. Mesmo no caso de sujeirinhas mais resistentes, experimente começar a limpeza com o método mais suave. Seja paciente e repita a operação um número razoável de vezes, antes de recorrer aos métodos mais severos. Do brilho espelhado à superfície acetinada, o aço inox permite os mais variados acabamentos. Nenhum é melhor que o outro, nem requer tratamento diferenciado. O mesmo aço inox que embeleza sua casa ou edifício, levando praticidade e beleza às cozinhas, banheiros e demais aposentos, também é usado com grande sucesso em fachadas e instalações industriais. Nelas entretanto, os cuidados com a limpeza devem ser redobrados para evitar imprevistos.
Cuidados na Manutenção do Aço inox

Limpeza de Rotina

Os melhores produtos para conservar o aço inox são a água, o sabão, os detergentes suaves e neutros e os removedores a base de amônia, diluídos em água morna, aplicados com um pano macio ou uma esponja de náilon. Depois basta enxaguar com bastante agua, preferencialmente morna, e secar com um pano macio. A secagem é extremamente importante para evitar o aparecimento de manchas na superfície do produto. Mas a limpeza de rotina também pode ser feita em máquinas de lavar pratos e só quando a sujeira for intensa, aconselha-se uma pré-lavagem.

Essa limpeza rotineira remove facilmente as sujeiras mais comuns e seu uso constante, quase sempre remove as sujeiras mais intensas, fazendo com que as manchas da superfície do aço desapareçam completamente.

Sujeira Moderada / Manchas Leves

No caso de sujeira moderada, quando a limpeza de rotina não for suficiente, aplique uma mistura feita com gesso ou bicarbonato de sódio, dissolvidos com álcool de uso doméstico, ate formar uma pasta, usando um pano macio ou uma bucha de náilon para passar na superfície do aço inox. Se preferir, use também uma escova de cerdas macias, tornando cuidado para não esfregar, faça-o sempre da maneira mais suave possível, utilizando passadas longas e uniformes, no sentido do acabamento polido, caso houver. Evite esfregar com movimentos circulares. Depois é só enxaguar com bastante água, preferencialmente morna, e secar com pano macio.

Sujeira Intensa / Manchas Acentuadas

Faça uma pré-imersão em detergente morno ou quente, ou numa solução de um removedor a base de amônia (removedores caseiros) e água. Se isso não for suficiente para amolecer alimentos queimados ou depósitos carbonizados, recorra a produtos mais agressivos como removedores a base de soda cáustica empregados na limpeza doméstica. Siga o procedimento indicado para remover sujeira moderada, repita se necessário, e só se a sujeira persistir utilize um método mais severo, com o emprego de produtos mais abrasivos como os sapólios. Por fim enxague e siga as etapas da limpeza de rotina.
Cuidados para Preservar as Características do Aço Inox

Mesmo adotando os procedimentos normais de limpeza na manutenção do aço inox, existem cuidados que devem ser observados para preservar suas características:
Ácidos e Produtos Químicos

Ácidos e produtos químicos para piscina, ácido de bateria, ácido muriático, removedores de tintas e similares danificam a superfície do aço inox e portanto devem ser evitados. Alvejantes e água sanitária podem ser usados ocasionalmente em pias ou tanques, desde que diluídos em água nas concentrações recomendadas. Use água entre fria e morna ao invés de água quente ou fervendo.

Produtos de Limpeza

Polidores e Saponáceos abrasivos só devem ser utilizados em casos extremos, pois podem prejudicar a superfície do aço inox.

Alimentos e Ingredientes

Evite o contato prolongado com soluções altamente concentradas de sal, principalmente a altas temperaturas.
Superaquecimento

Não superaqueça panelas de aço inox, deixando que seu conteúdo ferva até secar. Tal procedimento cria manchas difíceis de remover, além de danificar os cabos e o fundo.

Aço Comum

Não deixe artigos de aço comum em contato com o inox, especialmente se estiverem úmidos ou molhados. É o caso das esponjas de aço, cuja ferrugem pode manchar o aço inox. Quando não for possível evitar o seu uso, as peças devem ser enxaguadas com água em abundância.
Ácido Nítrico: Eficaz na limpeza industrial

O ácido nítrico (HNO3) é o ácido mineral que pode ser usado na limpeza industrial do aço inox, quando os demais procedimentos forem insuficientes para remover manchas em sua superfície. Entretanto, evite seu contato com outros metais, especialmente os feitos à base de alumínio e cobre. Recomenda-se emprega-lo na concentração a 10% (uma parte de ácido para nove partes de água), usando luvas de borracha e proteção para os olhos. No caso de contato acidental com a pele, lave com água em abundância.

Soluções para Alguns Problemas mais Comuns

Gorduras, Óleos e Banhas: Limpe os depósitos grossos com um pano macio ou toalha de papel. Em seguida mergulhe a peça em uma solução morna de detergente ou amônia. Depois siga os procedimentos da limpeza de rotina.

Marcas de Dedos: Remova com um pano macio ou toalha de papel umedecidos em álcool isopropílico (encontrado em farmácias de manipulação) ou solvente orgânico (éter, benzina).Reduza ao mínimo as chances de uma nova ocorrência, aplicando um polidor doméstico à base de cera ou vaselina líquida sobre a superfície limpa e seca.

Rótulos ou Etiquetas: Descole o máximo que puder. Mergulhe a peça em água morna e esfregue com um pano macio. Se o adesivo persistir, seque e esfregue suavemente com álcool ou solvente orgânico. Mas cuidado: nunca raspe a superfície do aço inox com lâminas, espátulas ou abrasivos grossos.

Manchas de Ferrugem: Tais manchas, com uma auréola em seu contorno, indicam que algum fragmento de aço comum ficou agarrado à superfície do aço inox. Com um cotonete embebido em água e ácido nítrico a 10% faça aplicações tópicas, mantendo o local umedecido durante 20 a 30 minutos, repetindo a operação se necessário. Manchas mais acentuadas exigirão que se esfregue vigorosamente a superfície manchada com uma pasta feita com abrasivo doméstico fino (sapólios), água e ácido nítrico a 10%, utilizando uma bucha de polimento. O tratamento com ácido, deverá sempre ser seguido de um enxágüe em solução de amônia ou de bicarbonato de sódio e limpeza de rotina.

Procedimentos Incorretos podem Prejudicar o Aço Inox

De um modo geral, a superfície do aço inox conserva suas propriedades desde que seja tratada com os cuidados necessários. Ela é facilmente limpa, mesmo sob condições adversas de contaminação ou sujeira. Mas ocasionalmente dependendo de sua natureza, certos contaminantes e sujeiras poderão ser de difícil remoção. Com frequência o fato do aço inox não desempenhar suas funções ou não manter sua aparência, não é culpa do aço, e sim devido ao uso inadequado ou ao emprego incorreto dos métodos de manutenção e limpeza. A seguir alguns exemplos típicos de procedimentos inadequados que comprometem a utilização do aço inox:

Os vazamentos em tanques ou tubulações industriais, aliada à evaporação continua, resulta em um ambiente com maiores concentrações de substâncias corrosivas. Tal fato pode provocar o início de um processo corrosivo em componentes de aço inox não especificados para resistir a ambientes excessivamente agressivos.

O pó e a sujeira depositados no aço inox em atmosferas marinhas ou industriais, absorvem contaminantes corrosivos (por exemplo o sal em condições marinhas). Neste caso também a evaporação e a maior concentração podem resultar em corrosão ou dano à superfície do aço inox.

As soluções de esterilização ou os detergentes usados na indústria de preparação de alimentos, são em geral baseados em produtos químicos agressivos (por exemplo os liberadores de cloro). Esses produtos são frequentemente utilizados em concentrações muito acima das recomendadas, ou mantidos em contato com artigos e equipamentos durante todo o período de parada da unidade industrial. Tais procedimentos inevitavelmente originarão ataques corrosivos.

Fonte:  Acesita S/A. www.acesita.com.br

Método para calcular a vazão

postado em 26 de set. de 2012 06:31 por FSF Metalurgica   [ 4 de jan. de 2017 05:28 atualizado‎(s)‎ ]

Um dos parâmetros mais importantes para selecionar um filtro de água é saber a vazão do sistema. O procedimento para calcular a vazão de um sistema é simples: Deve-se conhecer o tempo que demora para atingir o volume de um determinado recipiente e aplicar na formula abaixo:

Vazão = 3,6 * Volume / Tempo

Colocando o Volume em litros [L] e o Tempo em segundos [s] você terá a Vazão em metros cúbicos por hora [m³/h].

Exemplo: Demorou 9 segundos para completar com água um balde de 5 litros. Aplicando na formula, temos:

Vazão = 3,6 * 5 / 9 = 2 m³/h

Portanto a vazão na tubulação é de 2m³/h ou 2.000L/h.

Temos abaixo uma planilha que aplica a formula e traz o resultado.


Para quem não quer fazer a conta ou usar a planilha, pode consultar a tabela abaixo. Como no exemplo, para um volume de 5 litros (em azul) e um tempo de 9 segundos (em vermelho) para encher completamente o volume, temos uma vazão de 2 m³/h (em negrito).

Tabela: Encontrar vazão [ m³/h ] a partir de um volume [ L ] e tempo [ s ]

Vazão
[ m³/h ]
Volume [ litros ]
1 2 5 10 15 20 30 50
0,5 7,2 14,4 36,0 72,0 108,0 144,0 216,0 360,0
1 3,6 7,2 18,0 36,0 54,0 72,0 108,0 180,0
2 1,8 3,6 9,0 18,0 27,0 36,0 54,0 90,0
3 1,2 2,4 6,0 12,0 18,0 24,0 36,0 60,0
4 0,9 1,8 4,5 9,0 13,5 18,0 27,0 45,0
5 0,7 1,4 3,6 7,2 10,8 14,4 21,6 36,0
6 0,6 1,2 3,0 6,0 9,0 12,0 18,0 30,0
7 0,5 1,0 2,6 5,1 7,7 10,3 15,4 25,7
8 0,5 0,9 2,3 4,5 6,8 9,0 13,5 22,5
9 0,4 0,8 2,0 4,0 6,0 8,0 12,0 20,0
10 0,4 0,7 1,8 3,6 5,4 7,2 10,8 18,0
12 0,3 0,6 1,5 3,0 4,5 6,0 9,0 15,0
15 0,2 0,5 1,2 2,4 3,6 4,8 7,2 12,0
18 0,2 0,4 1,0 2,0 3,0 4,0 6,0 10,0
20 0,2 0,4 0,9 1,8 2,7 3,6 5,4 9,0
25 0,1 0,3 0,7 1,4 2,2 2,9 4,3 7,2
30 0,1 0,2 0,6 1,2 1,8 2,4 3,6 6,0
40 0,1 0,2 0,5 0,9 1,4 1,8 2,7 4,5
50 0,1 0,1 0,4 0,7 1,1 1,4 2,2 3,6

O Filtro e o tamanho das partículas contaminantes

postado em 15 de ago. de 2012 12:31 por FSF Metalurgica   [ 4 de jan. de 2017 05:29 atualizado‎(s)‎ ]

Os filtros retem impurezas de acordo com o elemento e o processo de separação utilizado. O filtro de partículas é o processo que utiliza normalmente como elemento filtrante a areia. Ele retem inúmeros tipos de materiais, alguns até mesmo não visível ao olho humano. Na tabela abaixo podemos visualizar o campo de atuação de alguns processos de filtragem. 

filtro e tamanho das particulas


É recomendado instalar os filtros de forma complementar, caminhando do processo de separação mais grosso para o mais fina, dessa forma aumenta a vida útil.

1-4 of 4